Categories
questões comerciais

COMÉRCIO MANUAL VS AUTOMÁTICO

Por muitos anos, as pessoas têm negociado no mercado de câmbio internacional, enquanto o comércio inicial só poderia ser feito manualmente. Mas a tecnologia avançou muito desde então, e agora muitos traders estão comprometidos com a negociação automatizada de Forex. Cada um desses métodos de negociação possui suas próprias características específicas, que podem ser vantagens e desvantagens, dependendo das preferências dos negociantes.

Negociação Manual Forex

Usando o manual de negociação Forex, você precisa ter cuidado, como você faz todos os cálculos, sem a ajuda de robôs. A vantagem deste método de negociação é a capacidade de controlar a abertura e fechamento de cada transação. Assim, você está sempre ciente da situação do mercado e pode escolher o par de moedas apropriado para sua estratégia de negociação. Isso ajuda a fazer um plano para o futuro. Um plano de negociação para negociação manual ajuda a manter a calma, independentemente das condições do mercado, e a evitar a perda de fundos.

Negociação Automatizada Forex

Ao mesmo tempo, o uso de negociação automatizada torna o trabalho no Forex mais rápido e fácil. Você pode negociar usando robôs ou consultores, mesmo se precisar sair e não tiver a oportunidade de seguir os gráficos. Isto é especialmente conveniente para os comerciantes que não têm tempo suficiente para negociar por conta própria. O comércio automático permite que você ganhe dinheiro fazendo seu próprio negócio.

Por outro lado, a negociação automática não lhe dá controle total sobre o processo de negociação. Esse fato não será um problema se um trader negociar em pequenos volumes, no entanto, se ele usar uma grande quantidade de dinheiro, então o risco aumenta, nesse caso é muito difícil relaxar e permitir que o robô negocie em vez de um comerciante.

A negociação manual permite que você esteja sempre ciente da situação do mercado. Mas como tudo depende apenas do trader, pode não ser muito confortável e difícil se for necessário controlar muitas transações abertas ao mesmo tempo.

A primeira coisa que você precisa entender – um plano de negociação manual no mercado de câmbio requer atenção e tempo. Ao negociar manualmente, você abre e fecha transações por conta própria, o que é especialmente útil quando você registra informações em cada pedido. A negociação manual permite que você esteja sempre ciente da situação do mercado. Mas como tudo depende apenas do trader, pode não ser muito confortável e difícil se for necessário controlar muitas transações abertas ao mesmo tempo.

A negociação automatizada facilita muito o gerenciamento de transações. Robôs e conselheiros fazem todo o trabalho para você. Com a ajuda deles, você pode abrir e fechar um grande número de transações ao mesmo tempo. Além disso, essas ferramentas determinam o momento para entrar e sair do mercado. Eles também fazem todos os cálculos para você.

 Negociação manual e automática

Mas a negociação automática também tem suas desvantagens. Primeiro de tudo, você precisa gastar tempo estudando robôs e seu impacto na sua negociação. Não é fácil escolher um robô adequado à sua estratégia de negociação, vale lembrar que os resultados da negociação dependerão da sua escolha.

É impossível dizer exatamente qual é melhor: negociação manual ou automática, tudo depende apenas do comerciante e sua estratégia de negociação. Mas há algumas dicas que podem ajudar você a fazer uma escolha. Você precisa decidir:

Quantas transações você planeja abrir durante o dia;
quanto tempo você está disposto a gastar em negociação;
Com quais volumes de negociação você quer trabalhar.
Não importa qual método de negociação você escolha, se você é apaixonado por negociação, o resultado na forma de altos lucros não demorará a chegar.

PLANO DE COMPRAS: VOCÊ JÁ ESCREVE-O?

Quando as pessoas começam a negociar, elas geralmente se concentram em encontrar a estratégia comercial mais lucrativa. Depois que a questão com a escolha da estratégia é resolvida, os comerciantes geralmente pensam que só podem colocá-la em prática e começarão a ter lucro. Mas há uma coisa que os comerciantes geralmente esquecem é o plano de negociação.

 Plano de negociação
O que é um plano de negociação?
Um plano de negociação é uma seqüência escrita de ações que devem ser tomadas para atingir as metas de negociação. Inclui ambos os métodos e uma descrição detalhada do próprio processo de negociação.

Tal plano dá ao trader uma resposta para a pergunta: o que, por que, como e quando é necessário tornar lucrativa a estratégia de negociação.

Por que um plano de negociação é necessário? A primeira coisa que um empreendedor inteligente faz quando inicia um negócio é criar um plano de negócios. Ele descreve os objetivos que ele busca, os passos para atingi-los e todos os aspectos relacionados a esse negócio.

Definir um objetivo específico é uma das chaves para o sucesso de um profissional.

O mesmo se aplica ao comércio: para começar a trabalhar no mercado de câmbio, um trader deve primeiro escrever um plano de negociação. Colocar em prática um plano de negociação exige que o profissional tenha planejamento, disciplina e atenção detalhados.

Definir um objetivo específico é uma das chaves para o sucesso de um profissional. Um plano claro motiva o profissional a realizar suas aspirações. Além disso, oferece uma oportunidade para comparar os resultados com o planejado. É difícil determinar em que estágio um negociador está atingindo seu objetivo se ele não tiver um plano de negociação.

Outra vantagem do plano de negociação é que ele ajuda a tomar a decisão certa em uma situação crítica, quando as emoções podem ser confusas. Como as condições do mercado mudam com frequência, é muito importante saber como se comportar em tal situação. Ou seja, um plano de negociação ajuda o comerciante a se controlar.

O que um plano de negociação consiste?

Não há regras rígidas para escrever um plano de negociação ou recomendações sobre o que ele deve consistir. Geralmente tudo depende do comerciante, como o plano é criado em um formato conveniente para ele.

  • Apesar disso, o plano de negociação pode ser dividido em 3 partes principais:
  • pessoal;
  • negócios;
  • negociação.
  •  Partes de um plano de negociação
  • A parte pessoal deve incluir a opinião do comerciante sobre quais objetivos ele define para si mesmo, sua motivação e apresentação do caminho para o sucesso. É necessário que o trader acredite no que ele escreve e trabalhe duro para dar vida a ele, independentemente das circunstâncias que possam surgir no processo de negociação.

A parte pessoal não deve se referir a nenhum aspecto técnico, descreve as aspirações e expectativas do processo de negociação. Por exemplo, um trader espera que, durante a negociação, ele possa passar mais tempo com sua família.

A parte de negócios inclui tudo relacionado ao comércio, a saber: conhecimento e habilidades que o comerciante vai usar. Um objetivo deve ser definido para melhorar as habilidades de negociação. É melhor se esse objetivo não se referir ao componente monetário, mas será associado apenas ao progresso no comércio. Por exemplo, a meta para o primeiro ano pode ser aumentar os volumes de negociação e reduzir as perdas.

Um comerciante também deve levar em conta todas as deficiências e lacunas em seu conhecimento do mercado Forex, a fim de evitar possíveis perdas que possam ser causadas por eles.

A parte comercial é a parte mais importante do plano. É uma descrição consistente do processo de negociação. Momentos como a escolha do período de tempo, estratégia de negociação preferencial, condições de negociação, volume de negociação, etc.

O lado financeiro também desempenha um papel importante no comércio. Portanto, vale a pena considerar a gestão do dinheiro. É importante proteger sua conta de negociação contra a perda de fundos. Para fazer isso, você precisa determinar quanto do saldo usar na negociação. Quanto ao lucro esperado, também vale a pena calcular e adicionar ao plano de negociação.

É necessário prever até mesmo as condições mais negativas que podem ocorrer no mercado para que elas não sejam uma surpresa para o profissional e ele saiba como se comportar nesse caso.

A última coisa que vale a pena ressaltar: um plano de emergência para o mercado. Para um comerciante, esse plano é uma das chaves para o sucesso. É necessário prever até mesmo as condições mais negativas que podem ocorrer no mercado para que elas não sejam uma surpresa para o comerciante, e ele sabia como se comportar nesse caso.

Quando o plano está pronto, resta apenas implementá-lo. Por favor, note que também vale a pena registrar tudo o que foi feito para que você possa comparar seus resultados reais com os planejados.

Já tem um plano de negociação? É hora de começar a planejar o processo de negociação. Um plano de negociação é o caminho para um comércio confortável, bem sucedido e lucrativo. Não perca tempo, comece a escrever seu plano de negociação agora mesmo!